Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria organização pessoal

08/04/2009 - 10:59

IBM quer criar um supressor de distrações

Compartilhe: Twitter

A IBM uma estranha tecnologia. Funciona mais ou menos assim:

1. Você convida colegas de trabalho para um reunião das 10h às 12h.
2. Antes, “explica” para um aplicativo que tipo de assunto será tratado. Exemplo: planejamento financeiro.
3. Define quais programas e recursos do computador serão usados durante o período. Calculadoras, Excel, PowerPoint.
4. Também designa quais NÃO devem ser usados. Internet, e-mails, Tetris, Paciência etc.
3. Na hora marcada, o aplicativo bloqueia todos os recursos que não foram previamente liberados.

Aos poucos, o método está se popularizando em sites de tecnologia com o nome de “supressão de distrações” (). Você usaria?

Autor: - Categoria(s): organização pessoal, tecnologia Tags:
20/02/2009 - 16:42

Fences ajuda a organizar desktop bagunçados

Compartilhe: Twitter

Fences ajuda a organizar áreas de trabalho cheias de ícones empilhados. .

Tenho a impressão de que a maioria dos usuários de Windows usa o desktop como principal depósito de arquivos. Aos poucos, os ícones vão tomando conta de toda a tela – até aparecer um balão pedindo para que você se livre do que não usa. Estranho.

Enfim, a pessoa se organiza por meio de uma memória visual. Ela rejeita os meios tecnológicos de organização do Windows e cria seus próprios jeitos cerebrais.

Na verdade, muitos de nós não gostamos de classificar coisas. Não queremos nos adaptar aos critérios do computador e nos tornar espécies de bibliotecários. É o que os desenvolvedores do Gmail perceberam: deixe tudo no banco de dados. Quando quiser encontrar algo, vá até a caixa de busca.

No Mac é sempre possível usar o Spotlight, ferramenta de busca nativa do programa. No Windows, há o e o .

Mas se você não está disposto a mudar seus hábitos de entupir o desktop, o pode ajudá-lo. Trata-se de um prático e rápido organizador de desktops. Ele engana o usuário bagunceiro. Cria janelas na área de trabalho, coisa que desde o Windows CroMagnum é possível fazer (afinal, é por isso o programa se chama Janelas, certo?). No caso do , as janelas são transparentes, o que deixa a área de trabalho visível.

E qual é a vantagem disso, afinal? Você pode criar janelas com muita rapidez. Basta arrastar o mouse, selecionar os ícones desejados e criar um nome para enquadrá-los. O vídeo acima mostra como funciona. Basicamente, é um paliativo. Ainda é bibliotequismo. Mas organizar a área de trabalho ainda é mais uma questão de disciplina do que de interface gráfica, certo?

Autor: - Categoria(s): organização pessoal, tecnologia, vídeo Tags: , ,
04/02/2009 - 14:06

Aliste-se nos bagunceiros anônimos

Compartilhe: Twitter

Você é daqueles que adoram guardar tralhas em casa? Entope armários e gavetas de velharias e inutilidades, sem conseguir se desfazer dos objetos? Pode ser que você esteja doente. Pelo menos é o que pensam os integrantes dos . Eles formam uma associação semelhante aos Alcoólicos Anônimos, só que dedicada a ajudar pessoas e a conviver com .

Acha pouco? Pois saiba que nem todo armazenador é necessariamente organizado. Há quem atrapalhe a vida de parentes e colegas de trabalho com níveis assustadores de bagunça. Por isso, os bagunceiros também têm suas nos EUA. Muitas delas tratam a baguncite como um tipo de transtorno obsessivo compulsivo.

E agora? Ficou na dúvida? Quer saber se sua desorganização é patológica ou apenas relaxo? Faça o teste do site . Também vale a pena ver as das casas de pessoas realmente portadoras de problemas. São impressionantes.

Falta apenas levar os estudos dessa área para os ambientes digitais. Há quem guarde tanta bagunça no desktop do computador que precisaria de dois monitores de 24″ só para visualizar os documentos urgentes. Sem falar nas famigeradas caixas postais. Já trabalhei com pessoas tão desorganizadas que, pelo menos uma vez a cada dois meses, me encaminhavam por acidente algum e-mail confidencial do chefe ou de outros colegas. Imagine o problema que isso poderia causar se eu fosse um jornalista. :-)

Autor: - Categoria(s): comportamento, organização pessoal Tags: , ,
16/12/2008 - 07:27

Em novo livro, David Allen defende a flexibilidade

Compartilhe: Twitter

David Allen Making All Work

Ser controlado demais significa estar fora de controle. Se as regras que você impõe aos seus filhos são muito restritas, eles se rebelam. Um treinador de boxe ou karate geralmente ensina o lutador a fazer o oponente temer perder o controle. Esse medo causa tensão e reações exageradas. Se suas políticas são muito draconianas, você acaba por sufocar a criatividade, flexibilidade e momentum no seu ambiente. (…)

A chave aqui é manter a capacidade de se desenganchar das formas ou estruturas que guiam seus atos. Ou mudá-las, uma vez que já atingiram sua finalidade. Saber quando mudar de ponto de vista e quando sacrificar um sistema que começou a limitar sua expansão e expressão é um sinal de que você se tornou um mestre.

Trechos do novo livro de , , ainda não lançado no Brasil. O inventor do sistema de produtividade pessoal Get Things Done (conhecido como GTD), publicou alguns capítulos no , que podem ser lidos gratuitamente.

Autor: - Categoria(s): gtd e produtividade, organização pessoal Tags: , , ,
02/12/2008 - 16:58

Falhas de comunicação

Compartilhe: Twitter

Continuo a dividir minhas experiências sobre os últimos dias de preparação para a inauguração da Terra Pura de Padmasambava. As coisas ficam cada vez mais agitadas. E tudo muda o tempo todo – horários, disponibilidade da equipe, condições climáticas, entre outras coisas.

Em ambientes em ebulição como esse, fica ainda mais importante manter uma comunicação clara e aberta. Isso porque muitas vezes trabalhamos por motivos muito mais complexos do que ganhar dinheiro. Buscamos aceitação, reconhecimento, a adrenalina e o sentimento de estar (ou ser) “ocupado”, além da realização de desejos que muitas vezes nem sabemos claramente quais são. É muito fácil se melindrar.

Falar sem saber

Como há muita informação e tensão circulando, tendemos a fofocar mais. Seja reclamando, seja criticando os outros por meio do humor. Geralmente, baseados em visões parciais e desinformadas.

Assim, qualquer palavra ou tom de voz pode ser interpretado erroneamente, gerando estresse e irritação. Esses sentimentos precisam ser esclarecidos preferencialmente na hora, antes que atinja a equipe toda, em gradações e coloridos diferentes, causando um efeito dominó.

É muito importante criar um sentimento de time, preparado para lidar com falhas de comunicação. Gente que saiba tolerar quando formos rudes. Mas, principalmente, habituada a cortar o hábito da fofoca e o de divulgar informações incertas.

Uma diversão pseudo-inocente pode acabar com um projeto. É preciso manter atenção plena, tentando imaginar – sem paranóia, claro – qual será o impacto da sua fala. Ou da sua omissão. Ou da preguiça em explicar uma tarefa para todos os envolvidos.

Falhas de comunicação agem como vírus. E são divertidas. Há quem adore se agendar baseado em rumores – vide a imprensa de tecnologia. Mas toda equipe precisa ter alguém que pare e diga: estamos falando demais.

Autor: - Categoria(s): comportamento, gtd e produtividade, organização pessoal Tags: ,
21/11/2008 - 12:42

Como dar conta dos seus feeds?

Compartilhe: Twitter


Canal de Eduardo Fernandes no Vimeo.

Você sofre da síndrome de culpa do RSS? O fenômeno acontece quando cadastramos mais feeds do que podemos ler e desenvolvemos uma contínua sensação de que perdemos algo. Em vez de encararmos o RSS como uma tecnologia criada para facilitar nossa relação com grandes quantidades de informação, passamos a usá-la como mais uma fonte de estresse. O vídeo mostra um jeito de resolver isso: contextualizar seus feeds. Confira.


Citados no programa

– cliente RSS de desktop para Windows.
– cliente RSS de desktop para Macintosh.
– cliente RSS on-line.
fala sobre organizar feeds de RSS.

Autor: - Categoria(s): ferramentas, gtd e produtividade, organização pessoal, tecnologia, vídeo Tags: , , ,
19/11/2008 - 19:54

Teste Magaiver: Como escrever e-mails eficientes

Compartilhe: Twitter

Muito se fala sobre como gerenciar os e-mails que recebemos. Mas boa parte da confusão das caixas postais é consequência das mensagens que enviamos. Quando não temos cuidado e paciência para mandá-las, precisamos de muito mais esforço para respondê-las. O teste abaixo foi criado para ajudar a entender como funciona esse processo. Basta responder as questões com sim (que vale 10 pontos) ou não (que vale 0).

1. Você é claro e direto no campo assunto?
2. Você trata de um só assunto por e-mail?
3. Você escreve de um jeito que ajuda o interlocutor a responder clara e diretamente?
4. Suas mensagens têm menos de 400 caracteres?
5. Você usa parágrafos e pontuação?
6. Suas assinaturas são úteis?
7. Você usa telefone para conversas longas e polêmicas?
8. Você se lembra de que um dia pode precisar consultar e-mails antigos?
9. Você prefere usar e-mail em texto plano (em vez de HTML)?
10. Você relê o e-mail antes de enviá-lo?

Leia mais »

Autor: - Categoria(s): e-mail, gtd e produtividade, organização pessoal Tags: , ,
18/11/2008 - 09:22

Ficha para Pedidos Extemporâneos [Ferramentas]

Compartilhe: Twitter

Ficha para Pedidos ExtemporâneosEm ambientes coletivos de trabalho, é bem comum que colegas deleguem tarefas durante encontros informais nos corredores da empresa. Por exemplo, você acaba de sair do banheiro e, de repente, tem mais um projeto urgente para resolver.

Naquele momento, não há como consultar agendas, nem mesmo entender qual é o real tamanho da tarefa. Então, para não bancar o chato, você acaba por aceitar o pedido com um sorriso amarelo. Ou apenas concorda para se livrar da pessoa e fechar o ziper tranquilamente. Depois de um tempo, esquece da tarefa e acaba metido em problemas.

Pensando nesse tipo de situação, criei a FIPE (Ficha Para Pedidos Extemporâneos). Trata-se de um papel que tenta disciplinar, ou, na pior das hipóteses, inibir, acordos irresponsáveis ou mal feitos. Você pode baixar o arquivo PDF e imprimi-lo numa impressora comum.

Modo de usar

1. Carregue algumas FIPEs sempre nos seus bolsos. Tenha uma caneta por perto também.
2. Quando tiver um pedido para fazer (ou para receber), saque a FIPE e preencha-a.
3. Entregue para a pessoa.

Simples, não?

Pouca gente vai se dar ao trabalho de usar. Mas pelo menos pode gerar algumas piadas que levem a atitudes mais produtivas.

Clique aqui e baixe a FIPE (Ficha Para Pedidos Extemporâneos).

Autor: - Categoria(s): ferramentas, gtd e produtividade, organização pessoal Tags: , ,
11/11/2008 - 17:25

O primo pobre e rústico do Moleskine

Compartilhe: Twitter

Field notesFrequentadores assíduos de sites sobre produtividade pessoal já conhecem a . Sabe-se lá porque, a tradicional marca européia de blocos de nota – preferida por gente como Van Gogh, Picasso, Ernest Hemingway, entre outros artistas – caiu nas graças dos atarefados digitais. O produto é realmente primoroso, . Há até um clone nacional e mais preocupado com questões ecológicas, o .

Já nos EUA, surgiu uma família de primos rústicos do Moleskine, os . São blocos de bolso bem mais práticos e sem luxos, como encadernação em couro e elásticos. Foram criados para aguentar porrada e ainda assim despertar desejo.

As capas são em papel kraft, de alta gramatura e toque áspero. São vendidos em kits com 6 blocos, 6 canetas esferográficas personalizadas, 2 lápis e um calendário de 18 meses. Tudo isso por U$ 32. Se você é empresário e apaixonado por objetos de papelaria, ainda pode .

De qualquer forma, mesmo depois de tantos anos de pixels sobre tela, papéis ainda são um grande fetiche. Em especial para as mulheres, que vão se apaixonar por , em São Paulo. Haja reflorestamento.

Autor: - Categoria(s): gtd e produtividade, organização pessoal Tags: , , ,
30/10/2008 - 14:01

Para onde vai seu tempo e atenção? Google Reader ajuda a responder

Compartilhe: Twitter

Tendências no Google Reader
Para ter acesso às suas estatísticas, basta clicar em “Trends” (ou tendências na versão em português).

Por mais que eu seja seletivo e assine poucos feeds de RSS, perco muito tempo processando informação repetida ou inútil. Assim, às vezes é importante parar para perguntar: afinal, quais fontes realmente atraem minha atenção?

O Google Reader que ajuda a medir nossos hábitos de dragagem de RSS. Cria gráficos que mostram quanto tempo gastamos em determinados feeds, com qual frequência os visitamos, entre outras informações.

Se você pensa seriamente em entrar numa dieta de informação para direcionar seu tempo e energia para outras prioridades, as estatísticas do são um ótimo começo. Baseado nos dados da sua conta, você pode cortar os feeds que quase nunca lê. Afinal, eles atrapalham, criando uma sensação de que há pouco tempo para dar conta de tanta informação.

Google Trends no GReader

Ao analisar os gráficos, você pode ficar surpreso ao notar o quão rapidamente mudamos de sites. Dragamos informação, escaneamos partes do texto e tomamos decisões muito rápidas (lincar, comentar, criticar, abandonar). Muitas vezes sem saber exatamente qual é o assunto do post.

Esse é um hábito perigoso. Nos acostuma a acreditar que lemos textos, quando apenas pulamos de título em título superficialmente. Aos poucos, ficamos ansiosos, impacientes e perdemos o hábito da leitura concentrada e sistemática.

A não ser que você seja um , é sempre bom filtrar suas fontes de informação periodicamente. Pelo menos para não se tornar uma vaca louca do processamento de títulos.

Autor: - Categoria(s): organização pessoal, tecnologia Tags: , ,
27/10/2008 - 10:10

Programas ajudam a organizar provas e estudos

Compartilhe: Twitter

Trackclass
A página inicial do Trackclass: 1. Organize seus trabalhos e compromissos acadêmicos. 2. Veja como anda o seu desempenho nos cursos e quanto falta para terminá-los. 3. Leia suas anotações feitas em aula.

Novembro chegando. E com ele, o período mais crítico para os estudantes procrastinadores: a hora de recuperar o tempo perdido durante o semestre. A seguir, duas ferramentas para ajudar a canalizar a adrenalina das últimas provas e trabalhos.


Aplicativo on-line para gerenciar compromissos escolares. Vem com calendário, ferramenta para agendar lembretes, organizador de anotações de aulas, sistemas para criar metas de desempenho e, claro, diversos jeitos de compartilhar informações para trabalhos em grupo.

O programa tem uma interface bem organizada e design simples – baseado nos produtos da . E também foi escrito em , um dos jeitos de programar mais em moda no mercado de aplicativos on-line.

Antes que alguém reclame, não custa lembrar que o aplicativo está disponível apenas em inglês. Isso pode inclusive ser uma boa oportunidade para treinar o uso da linguagem – cedo ou tarde você vai precisar dela na vida acadêmica.


Programa praticamente igual ao TrackClass, mas com um grande detalhe a mais: integração com celulares. Soshiku permite conferir, editar tarefas e agendar compromissos direto do telefone. Se você tem um aparelho com teclado QWERTY e uma conta bancária farta, pode usar o celular como seu principal instrumento de anotações em sala de aula. Eu me sentiria extremamente desconfortável ao fazê-lo, mas há gosto para tudo.

Fechado? Agora é só evitar outro tipo de procrastinação: ficar configurando aplicativos e preenchendo perfís em vez de começar logo aquele bendito trabalho.

Como encontrar


Autor: - Categoria(s): ferramentas, organização pessoal Tags: , ,
16/10/2008 - 09:46

Ringo Starr sofre de falência de e-mails

Compartilhe: Twitter

O ex-baterista dos Beatles postou um vídeo no YouTube declarando que, a partir do dia 20/10, não vai mais responder aos e-mails de fãs. Ele pede desculpas, mas diz que tem muito a fazer. Pô, Ringô. Assista novamente ao vídeo abaixo, publicado há algum tempo neste Magaiver.


Como controlar seus e-mails de Eduardo Fernandes no Vimeo.

Via .

Autor: - Categoria(s): e-mail, organização pessoal Tags: , ,
08/10/2008 - 15:12

Novo calendário do Yahoo se integra com o Flickr

Compartilhe: Twitter

miniaturas das suas fotos no meio do calendário.

Geralmente, calendários impressos são extremamente chatos (exceto, talvez, o da Pirelli). Aplicativos de desktop para calendários são mais tediosos ainda. Suas versões on-line, então, Ave Maria. Em especial, porque são cheios de regras e demandam certo esforço para aprender a utilizá-los corretamente.

Costumo usar o iCal, do Mac OS X, sincronizado com o e meu celular, um . Optei pelo serviço do Google porque ele . Lá posso encontrar desde datas importantes para o mercado de tecnologia a até dias específicos para práticas do budismo tibetano. Além de fases da lua, previsão do tempo e de recursos para compartilhar minhas agendas públicas em sites e blogs.

Mas o Yahoo acaba de lançar uma do seu gerenciador de calendários on-line. Veja a seguir o que mudou. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): organização pessoal Tags: , , ,
Voltar ao topo