Publicidade

Publicidade
07/09/2007 - 19:38

10 dicas para se livrar da procrastinação

Compartilhe: Twitter

procrastinação

Curto e grosso. Procrastinação é enrolar para fazer algo. Você sabe que tem que resolver uma determinada situação, mas vai adiando até que ela estoure de vez.

A maioria dos pesquisadores concorda que as causas da procrastinação são:

1. Falta de um bom motivo ou objetivo para executar o trabalho.
2. Este não faz sentido ou não tem importância para você.
3. Você acha que não tem competência para lidar com ele.
4. A tarefa parece complexa e nebulosa demais.
5. Excesso de distrações.
6. Cansaço físico. Falta de disciplina.

De modo geral, como a procrastinação funciona? Você evita fazer algo, mas mantém em mente que deveria resolver aquilo. Sente-se culpado e impotente. Mas não motivado a mudar. Sua mente fica à procura de qualquer micro-distração que o mantenha ocupado. Ela percebe que a maior delas é exatamente o sentimento de culpa. Então cria uma identidade fictícia, a do “eu sou um procrastinador” e busca elementos para fortalecer essa imagem. Ou seja: você trabalha e sofre muito para evitar trabalhar e sofrer.

Esse estado confuso pode gerar atitudes compulsivas, como comer demais, navegar sem destino na internet etc. Tudo isso causa alívio. É um prazer momentâneo, cheio de culpa, mas ainda assim, traz satisfação. Ao fim de uma “sessão de procrastinação” geralmente você se sente muito cansado. É como se sua energia tivesse sido sugada. E o tempo sempre parece curto demais.

Quais são os principais antídotos da procrastinação?

1. Decida se a tarefa faz ou não sentido. Ela é realmente imprescindível? Você pode delegá-la?

2. Se notar que entrou no “processo procrastinatório”, corte de uma só vez o mecanismo de culpa. Não julgue a si mesmo, não tenha autopiedade ou raiva. Não culpe os outros por terem lhe passado a tarefa. Apenas corte o hábito de procrastinar.

3. Divida o trabalho em listas de pequenas sub-tarefas mais claras e gerenciáveis.

4. Defina prazos, rotinas e metas. Todos os dias, às 10h farei tal coisa, para conseguir tal resultado.

5. Siga as rotinas firmemente. Evite furos e exceções. Um amigo usa a seguinte técnica: se está com preguiça de acordar às 7h, se levanta 10 minutos antes. Assim que ele nota o mecanismo da procrastinação aparecer, toma uma atitude contrária.

6. Cérebro precisa de treinamento. Se hoje é difícil, amanhã será menos. Você não é muito diferente de um atleta. Foi assim que você aprendeu a ler, pensar, dirigir e até a fazer sexo.

7. Entenda afinal, por que você acha que uma tarefa é chata. O que significa a tal chatice? Descreva claramente a situação. Você está superdimensionando? Está sofrendo por antecedência?

8. Use a criatividade para deixar a tarefa menos pesada. Vista uma roupa específica para executá-la, faça-a num lugar que lhe dê prazer, usando instrumentos que ajudem a motivá-lo. Ou pelo menos pare de gastar energia com resistência.

9. Simplifique a tarefa. Torne-a cada vez mais clara e direta. Automatize tudo o que der.

10. Descanse e se alimente corretamente. Afinal, é muito mais fácil ter preguiça depois de uma noite mal dormida e de uma feijoada tripla.

Ainda há muito mais a dizer. Até porque cada um tem seu jeito de procrastinar. Mas é bom manter o foco. Afinal, nossas mentes são tão rápidas que podem usar inclusive essas técnicas para procrastinar. Portanto, o melhor é se lembrar do espírito delas, que cabe em duas palavras: corte e faça.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

5 comentários para “10 dicas para se livrar da procrastinação”

  1. Lu disse:

    Muito bom o post!
    Também escrevi sobre procrastinação esses dias pois comecei a ler o livro Não deixe para amanhã o que você pode fazer agora. No meu caso, acho que o maior motivo é o perfeccionismo. Ou faço “perfeito” ou não faço, sabe? Estou tentando mudar e adorei suas dicas.
    Bjs

  2. Eduf disse:

    Boa sorte!

  3. Everton disse:

    Nossa, adorei a matéria. Parabéns

  4. marcos disse:

    o engraçado é que achei esse post “procrastinando” na net. nem sabia que o termo existia. mas a dica é interessante, cortar este hábito que é uma das coisas que mais toma tempo na vida, mais que trabalho.
    Valeu e um abraço.

  5. Marcelo disse:

    Excelente o post! Identifiquei-me por completo. Mudanças de habitos (ou vicios) ja!!!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo